Informe ao seu médico se você está fazendo uso de algum outro
provocado pela presença do parasita na região anal, perianal e,
medicamento.
ocasionalmente, na vulva.
Pyr-Pam®

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e
Indicações
pamoato de pirvínio
a duração do tratamento.
PYR-PAM® é indicado no tratamento da oxiuríase (enterobíase).

Interrupção do tratamento: Não interromper o tratamento sem o
Contra-indicações
FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES
conhecimento do seu médico.
Em casos de hipersensibilidade ao pamoato de pirvínio ou a qualquer
PYR-PAM® DRÁGEA: cartucho contendo 6 drágeas.
componente da fórmula.
PYR-PAM® SUSPENSÃO ORAL: cartucho contendo frasco com 40 mL,
Reações adversas: PYR-PAM® é um fármaco bem tolerado, apresentando
acompanhado de copo-medida de 10 mL.
baixa incidência de efeitos colaterais. Geralmente, os efeitos adversos são
Precauções e Advertências
leves e transitórios.
A presença de sacarose na formulação de PYR-PAM® SUSPENSÃO deve ser
Ocasionalmente, pode ocorrer náusea, vômito, cólica gastrintestinal, diarréia.
considerada na administração do medicamento a pacientes diabéticos (250
USO ADULTO E PEDIÁTRICO
mg de açúcar/ mL).
VIA ORAL
Informe imediatamente ao médico o aparecimento de reações indesejáveis.
Não é necessária a administração de laxativos antes ou após a utilização de

PYR-PAM®.
COMPOSIÇÃO
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS
Diagnósticos clínicos e laboratoriais específicos devem ser realizados para a
Pyr-Pam®
Pyr-Pam®
CRIANÇAS.
identificação do parasita e conseqüente escolha correta do fármaco para uma
Drágea
Suspensão
terapêutica eficaz da parasitose.
pamoato de pirvínio
100 mg
10 mg
Ingestão concomitante com outras substâncias: Durante o tratamento
Recomenda-se a monitorização do paciente através de exame parasitológico,
com THIABEN® não devem ser ingeridas bebidas alcoólicas.
após a administração da segunda dose do medicamento.
Excipientes/Veículos q.s.p.
1 drágea*
1 mL**
A presença de alimentos não interfere na ação terapêutica do pamoato de
O benefício da utilização do pamoato de pirvínio em situações clínicas como
*(amido de milho, estearato de magnésio, croscarmelose sódica, acetoftalato
pirvínio.
doenças intestinais inflamatórias, trânsito gastrintestinal acelerado, diarréia,
de celulose, macrogol)
deve ser avaliado.
**(sacarose, carbômer 934P, propilenoglicol, simeticona, monoetanolamina,
Contra-indicações e Precauções: PYR-PAM® não deve ser utilizado por
O paciente deve ser instruído sobre os métodos de profilaxia da parasitose,
metilparabeno, propilparabeno, álcool etílico, aroma de framboesa, água
pacientes alérgicos ao pamoato de pirvínio ou a qualquer componente da
como condições básicas de higiene pessoal e ambiental.
purificada)
fórmula.

O tratamento com PYR-PAM® pode ocasionar coloração vermelha nas fezes,
Gravidez e lactação: devido à baixa absorção pelo trato gastrintestinal, o
devido ao pamoato de pirvínio, não tendo significância clínica.
pamoato de pirvínio pode ser administrado durante a gestação e lactação sob
INFORMAÇÕES AO PACIENTE
orientação e acompanhamento médico.
Ação esperada do medicamento: PYR-PAM® é um medicamento com ação
NÃO USE MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE
vermífuga utilizado no tratamento da oxiuríase (enterobíase).
SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.
U
s
o

p
e
d i
á t
ri
c
o

e
e
m
i
d
o s
o
s
:

d
e
v
i
d
o
à

b
a i xa absorção pelo trato gastrintestinal,

o pamoato de pirvínio pode ser administrado nesses grupos de pacientes,
Cuidados de Conservação: PYR-PAM® deve ser conservado em
INFORMAÇÕES TÉCNICAS
conforme posologia recomendada, sob orientação e acompanhamento
temperatura ambiente (temperatura entre 15 e 30o C) protegido da luz e
Características do fármaco
médico.
umidade, na sua embalagem original até o término de seu uso.
O pamoato de pirvínio é um derivado do fenilpirroletenilquinolínio. Apresenta

ação anti-helmíntica por impedir a utilização de carboidratos exógenos pelos
Interações medicamentosas
Prazo de validade: Não utilize o medicamento com prazo de validade
parasitas; assim com o esgotamento das reservas endógenas dessas
Estimulantes da motilidade gastrintestinal, laxativos, catárticos,
vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.
substâncias os helmintos são levados à morte.
emolientes: o uso concomitante pode diminuir o tempo de permanência do
O número do lote, as datas de fabricação e validade estão impressos no
O pamoato de pirvínio apresenta absorção insignificante pelo trato
pamoato de pirvínio no organismo e interferir com a ação antiparasitária do
cartucho do produto.
gastrintestinal, permanecendo por período prolongado em contato com os
fármaco.
parasitas intestinais. É eliminado pelas fezes na forma inalterada.
Gravidez e lactação: Informe ao médico a ocorrência de gravidez durante o
Devido à baixa absorção do pamoato de pirvínio, o fármaco não apresenta
Reações adversas
tratamento ou após o seu término.
efeito cumulativo no organismo, podendo ser administradas três doses
PYR-PAM® é um fármaco bem tolerado, apresentando baixa incidência de
Informe ao médico se estiver amamentando.
consecutivas do medicamento, quando necessário.
efeitos colaterais. Geralmente, os efeitos adversos são leves e transitórios.
Na enterobíase ou oxiuríase, parasitose causada pelo Enterobius vermicularis,
Ocasionalmente, pode ocorrer náusea, vômito, cólica gastrintestinal, diarréia.
Cuidados de administração: PYR-PAM® DRÁGEA e SUSPENSÃO podem ser
os vermes adultos, comumente, vivem na região cecal e imediações do
Raras vezes foram relatados casos de reações de hipersensibilidade e
ingeridos em jejum ou após as refeições.
intestino (íleo-cecal). Em casos de ectopia parasitária, as fêmeas podem ser
fotossensibilidade de curta duração.
Para a administração correta de PYR-PAM®, leia atentamente o item
encontradas na vulva e vagina.
Devido à característica específica do pamoato de pirvínio, a administração do
Instruções de uso, contido na parte final desta bula.
Os sintomas são caracterizados por dores abdominais, náuseas, flatulência e
fármaco causa coloração vermelha das fezes, não tendo significância clínica.
A administração de PYR-PAM® SUSPENSÃO a pacientes diabéticos deve ser
diarréia, sendo o mais comum o prurido anal, por vezes intenso e irritante,
cautelosa devido à presença de açúcar no medicamento (250 mg de açúcar/
mL).



Posologia e Administração
Pacientes Idosos
A dose recomendada de PYR-PAM® é a seguinte:
Devem seguir a mesma posologia indicada para adultos.

Pyr-Pam®
Pyr-Pam®
Drágea
Suspensão
1 mL da suspensão para
1 drágea para cada 10
Adultos
cada 1 quilo de peso
quilos de peso corpóreo.
corpóreo.
1 mL da suspensão para
Crianças
________
cada 1 quilo de peso
corpóreo.

A dose de PYR-PAM® deve ser administrada em tomada única.
Devido à possibilidade de reinfestação, recomenda-se a repetição da dose
cerca de 2 semanas após o primeiro tratamento ou à critério médico.
Para adultos, a dose máxima não deve exceder a 600 mg (6 drágeas ou 60
mL da suspensão) de pamoato de pirvínio, independente do peso corpóreo.
Não é necessária a administração de laxantes ou purgantes antes ou após a
administração de PYR-PAM®.
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
Instruções de uso
As drágeas de PYR-PAM® não devem ser trituradas ou mastigadas antes da
ingestão.
PYR-PAM® DRÁGEA e SUSPENSÃO podem ser ingeridos em jejum ou após as
refeições.
Lote, Fabricação e Validade: Vide Cartucho.
Agite bem o frasco de PYR-PAM® SUSPENSÃO antes da administração.
Quando a quantidade total de PYR-PAM® SUSPENSÃO não for utilizada na
primeira administração, o restante pode ser guardado em temperatura
ambiente, e utilizado na próxima tomada. Após a abertura do frasco, PYR-
Serviço de Atendimento ao Consumidor: 0800 191291
PAM® SUSPENSÃO deve ser utilizado no prazo de 6 meses.
Para a utilização posológica correta, as doses de PYR-PAM® SUSPENSÃO
devem ser administradas utilizando-se o copo-medida contido na embalagem
do produto.
O copo-medida possui indicações visuais de doses, as quais devem ser
Farmacêutica Responsável: Dra. Dirce de Paula Zanetti.
seguidas de acordo com a prescrição médica.
CRF-SP no 7758

PYR-PAM® drágea 100 mg: Registro MS no 1.0550.0035.003-9
PYR-PAM® suspensão oral 10 mg/mL: Registro MS no 1.0550.0035.004-7

Copo-medida 10 mL

Superdosagem
Devido à baixa absorção do pamoato de pirvínio pelo trato gastrintestinal,
mesmo após a ingestão de altas doses do fármaco, a concentração sérica
não será significativa para ocasionar uma intoxicação grave.
Em caso de administração de altas doses do pamoato de pirvínio, podem
UCI-FARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA
ocorrer sintomas como náuseas, vômitos, cólicas gastrintestinais, diarréia.
Rua do Cruzeiro, 374 ­ São Bernardo do Campo ­ SP
O tratamento consiste na realização de medidas usuais de esvaziamento
CNPJ 48.396.378/0001-82 ­ Indústria Brasileira
gástrico e de controle dos sintomas.
Em caso de superdose procure orientação médica imediatamente.


Mais Bulas de Medicamentos


Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>