FLOXICAM
piroxicam
FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES
Cápsula 10mg: Embalagens com 15 e 450* cápsulas
Cápsula 20mg: Embalagens com 15 e 450* cápsulas
Suspensão Oral-Gotas: Embalagens contendo 1 e 50* frascos com 15mL
*Embalagem Hospitalar
USO ADULTO

USO ORAL

COMPOSIÇÕES
Cada cápsula contém:
piroxicam ……………………………………………………………………………………………..10mg
excipientes q.s.p………………………………………………………………………………1 cápsula
(lactose, amido de milho e celulose microcristalina).
Obs.: O material da cápsula (10mg) contém o corante amarelo de TARTRAZINA
(FDC nº 05).
Cada cápsula contém:
piroxicam ……………………………………………………………………………………………..20mg
excipientes
q.s.p……………………………………………………………………………………………….1 cápsula
(lactose, amido de milho, celulose microcristalina e estearato de magnésio).
Cada mL de suspensão oral contém:
piroxicam………………………………………………………………………………………………10mg
veículo
q.s.p………………………………………………………………………………………………………1mL
(metilparabeno,
propilparabeno,
ciclamato
de
sódio,
sacarina
sódica,
propilenoglicol, corante amarelo de TARTRAZINA (FDC nº 05), álcool etílico 96°
GL, essência de abacaxi, glicerina bi-destilada, silicone anti-espumante, sorbitol,
goma xantana, EDTA dissódico e água purificada).
INFORMAÇÕES AO PACIENTE
- Floxicam tem ação antiinflamatória, analgésica e antipirética.
- Conservar em temperatura ambiente (15° a 30° C). Proteger da luz e umidade.
- Prazo de validade: VIDE CARTUCHO. Não use medicamento com o prazo de
validade vencido, poderá ocorrer diminuição significativa do seu efeito terapêutico.
- "Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após
o seu término". "Informe seu médico se está amamentando".
- "Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a
duração do tratamento".
- "Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico".


- "Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como: falta
de apetite, amarelão, alterações da visão e sangue nas fezes".
- O material das cápsulas de 10mg e a suspensão oral, contém o corante amarelo
de TARTRAZINA (FDC nº5) que pode causar reações de natureza alérgica, entre
as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido
acetilsalicílico.
- "TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS
CRIANÇAS".
- Floxicam não deve ser administrado concomitante a: ácido acetilsalicílico,
anticoagulantes orais, cumarínicos ou indandiônicos, heparina ou agentes
trombolíticos e lítio.
- Floxicam não deve ser administrado a pacientes portadores de úlcera ou
sangramento no estômago e intestino, com hipersensibilidade a quaisquer dos
componentes da fórmula, ou que apresentam asma, rinite ou prurido após
administração de ácido acetilsalicílico. Contra-indicado durante a gravidez e
lactação. Menores de 18 anos e hipersensibilidade aos oxicams.
- "Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando antes do
início ou durante o tratamento".
- "NÃO TOME MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO,
PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE".
INFORMAÇÕES TÉCNICAS
O piroxicam é um agente antiinflamatório não-esteroidal (AINE), com propriedades
analgésicas e antipiréticas. O piroxicam é absorvido pelo trato gastrintestinal, e
uma dose única de 20mg produz níveis de picos plasmáticos de 1,5 a 2mcg/mL,
que são atingidos geralmente de 3 a 5 horas após a administração; a meia-vida
plasmática é de aproximadamente 50 horas; 5% da dose é excretada inalterada
na urina e fezes, o restante é biotransformado e os metabólitos excretados na
urina. Doses contínuas de 20mg de piroxicam produzem níveis plasmáticos em
torno de 3 a 8mcg/mL, que se estabiIizam de 7 a 12 dias. O mecanismo de ação
do piroxicam ainda não está bem definido, mas admite-se que interage em
diversas etapas das respostas imunes da inflamação, através da: inibição da
migração de células polimorfonucleares e monócitos para o local da inflamação;
da agregação de neutrófilos, da síntese de prostanóides, incluindo as
prostaglandinas, inibição reversível da enzima ciclooxigenase e inibição da
liberação de enzimas lisossômicas dos leucócitos estimulados.
INDlCAÇÕES – Floxicam está indicado em diversas condições patológicas que
requerem atividade antiinflamatória e/ou analgésica, tais como: artrite reumatóide,
espondilite anquilosante, artroses, distúrbios músculo-esqueléticos, pós-
operatório, gota aguda, estados pós-traumáticos e nos casos de dismenorréia
primária.
CONTRA-INDICAÇÕES – FLOXICAM ESTÁ CONTRA-INDICADO PARA
PACIENTES PORTADORES DE ÚLCERA PÉPTICA, HIPERSENSIBILIDADE A
QUAISQUER DOS COMPONENTES DA FÓRMULA, OU INDIVÍDUOS QUE
APRESENTARAM SINTOMAS SEMELHANTES DE BRONCOESPASMO,
PÓLIPO NASAL E ANGIOEDEMA APÓS ADMINISTRAÇÃO DE ÁCIDO
ACETILSALICÍLICO OU OUTROS ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO-ESTEROIDAIS
(AINES). CONTRA-INDICADO DURANTE A GRAVIDEZ E LACTAÇÃO.
MENORES DE 18 ANOS E HIPERSENSIBILIDADE AOS OXICAMS.
PRECAUÇÕESApesar de não existirem relatos de efeitos teratogênicos em
testes em animais, piroxicam atravessa a barreira placentária e é excretado
no leite materno, devendo a sua administração em grávidas ou mulheres em
fase de lactação ser feita somente após avaliação médica da relação risco-
benefício.
Deve ser administrado com cautela em pacientes portadores de insuficiência
cardíaca congestiva, cirrose hepática, síndrome nefrótica e doenças renais.
O piroxicam diminui a agregação plaquetária e conseqüentemente aumenta
o tempo de sangramento. As indicações e a posologia para o uso em
crianças ou adolescentes menores de 18 anos ainda não foram
estabelecidas. Provoca aumentos reversíveis do nitrogênio uréico e
creatinina.
INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS – O uso concomitante com ácido
acetilsalicílico ocasiona uma redução dos níveis plasmáticos de piroxicam para
cerca de 80% dos valores normais. O uso simultâneo de piroxicam com
anticoagulantes orais, cumarínicos ou indandiônicos, heparina ou agentes
trombolíticos deve ser controlado cuidadosamente.
Piroxicam aumenta os níveis plasmáticos do lítio, portanto recomenda-se uma
monitoração destes níveis até o ajuste da posologia adequada.
REAÇÕES
ADVERSAS
-
As
mais
comuns
envolvem
distúrbios
gastrintestinais, tais como: náuseas, vômitos, flatulência, constipação
intestinal, diarréia, desconforto epigástrico e abdominal. Em alguns
indivíduos podem ocorrer ulceração péptica, perfuração e sangramento
gastrintestinal. Raramente podem ocorrer tontura, cefaléia, sonolência,
nervosismo, alucinações, confusão mental, vertigem, edema dos olhos,
visão turva e irritações oculares. O material das cápsulas de 10 mg e a
suspensão oral, contém o corante amarelo de TARTRAZINA (FDC nº 5) que
pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica,
especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico.
POSOLOGIA – Osteoartrose, artrite reumatóide e espondilite anquilosante: 20mg
diários em dose única inicialmente; de acordo com a resposta do paciente a dose
pode ser ajustada para 10mg/dia em dose única ou 30mg/dia em dose única ou
fracionada.
Distúrbios músculo-esqueléticos, traumas e pós-operatório: 40mg/dia em dose
única ou fracionada nos dois primeiros dias e a seguir 20mg/dia em dose única
durante 5 a 12 dias.
Gota aguda: 40mg/dia em dose única no primeiro dia e 40mg/dia em doses
fracionadas por mais 6 dias consecutivos.


Dismenorréia primária: 40mg/dia em dose única nos dois primeiros dias do
período menstrual, seguido por 20mg/dia em dose única até o 5º dia.
SUPERDOSE – Não existe antídoto específico até o momento. A superdose deve
ser controlada através de medidas que visem a redução da absorção (lavagem
gástrica e administração de carvão ativado) e acelerar a eliminação
(colestiramina).
PACIENTES IDOSOS – O uso em pacientes idosos (acima de 60 anos) requer
prescrição e acompanhamento médico.
Registro M.S. nº 1.0465.0192
Farm. Responsável: Dr. Marco Aurélio Limirio G. Filho – CRF-GO nº 3.524
Nº do lote, data de fabricação e prazo de validade: VIDE CARTUCHO
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
Prezado Cliente:
Você acaba de receber um produto Neo Química.
Em caso de alguma dúvida quanto ao produto, lote, data de fabricação,
ligue para nosso SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor.
Laboratório Neo Química Com. e Ind. Ltda.
VPR 1 – Quadra 2-A – Módulo 4 – DAIA – Anápolis – GO – CEP 75132-020
www.neoquimica.com.br
C.N.P.J.: 29.785.870/0001-03 – Indústria Brasileira
SAC 0800-9799900


Mais Bulas de Medicamentos


Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>