abcd

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO









Bisolvon®
cloridrato de bromexina

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES

Xarope infantil: frasco com 120 ml, acompanhado de copo-medida graduado
em 2,5; 5; 7,5 e 10 ml.
Via oral
USO PEDIÁTRICO

Xarope adulto: frasco com 120 ml, acompanhado de copo-medida graduado
em 2,5; 5; 7,5 e 10 ml.
Via oral
USO ADULTO
Gotas: frasco com 50 ml.
Via oral e inalação

USO ADULTO E PEDIÁTRICO
Xarope infantil
Cada 5 ml (1/2 copo-medida) contêm:
cloridrato de bromexina ……………………………………………………… 4
mg
correspondentes a 3,6 mg de bromexina.
Bisolvon
1


abcd

Excipientes: benzoato de sódio, ciclamato de sódio, corante vermelho de
ponceau 4R, edetato dissódico diidratado, ácido tartárico, essência de
morango, glicerol, carmelose sódica, sorbitol, água purificada.

Xarope adulto
Cada 5 ml (1/2 copo-medida) contêm:
cloridrato de bromexina…………………………………………………….. 8
mg
correspondentes a 7,3 mg de bromexina.
Excipientes: ácido tartárico, hietelose, sorbitol, glicerol, metabissulfito de
sódio, levomentol, aroma de cereja, aroma de cacau, álcool etílico, ácido
benzóico, água purificada.

Gotas
Cada 1 ml (15 gotas) contém:
cloridrato de bromexina……………………………………………………… 2
mg
correspondentes a 1,8 mg de bromexina.
Excipientes: ácido tartárico, metilparabeno, água purificada.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE
AÇÃO DO MEDICAMENTO ou COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
BISOLVON fluidifica e dissolve as secreções, facilitando a eliminação do
catarro e aliviando a respiração.
O efeito inicia-se dentro de 5 horas após a administração oral.

INDICAÇÕES DO MEDICAMENTO ou POR QUE ESTE MEDICAMENTO
FOI INDICADO?
BISOLVON é indicado para facilitar a expectoração, atua eliminando o
excesso de catarro nas doenças broncopulmonares agudas e crônicas,
através da tosse.
Bisolvon
2


abcd


RISCOS DO MEDICAMENTO ou QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE
MEDICAMENTO?

Contra-indicações
O produto é contra-indicado aos pacientes com hipersensibilidade (alergia) à
bromexina ou aos outros componentes da fórmula.
Em caso de condições hereditárias raras que podem ser incompatíveis com
um excipiente do produto (vide item Precauções) o uso do produto é contra-
indicado.
Este medicamento é contra-indicado na faixa etária de 0 – 2 anos.


Advertências
Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações
indesejáveis.

BISOLVON XAROPE OU GOTAS NÃO CONTÉM AÇÚCAR, PODENDO
SER UTILIZADO POR PACIENTES DIABÉTICOS.
Precauções
Embora raras, podem ocorrer algumas reações indesejáveis
temporárias com o uso da bromexina. Se ocorrerem lesões na pele ou
mucosas, descontinue o tratamento por precaução e consulte o
médico.

BISOLVON gotas contém o excipiente metilparabeno que pode causar
reações alérgicas (possivelmente tardias).

O uso de BISOLVON pode levar a um aumento esperado no fluxo das
secreções.

Gravidez e lactação

Bisolvon
3


abcd

A bromexina atravessa a barreira placentária.
A experiência clínica até o momento não mostrou evidência de prejuízo à
saúde do feto durante a gravidez. Mesmo assim, o uso de BISOLVON só
deve ser feito mediante orientação médica. Especialmente, durante o
primeiro trimestre, o seu uso não é recomendado.
A bromexina é excretada no leite materno. Entretanto, efeitos desfavoráveis
não são esperados nas crianças amamentadas. O uso de BISOLVON não é
recomendado para as mães que estão amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem
orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações Medicamentosas
Não se relataram interações medicamentosas desfavoráveis clinicamente
relevantes.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso
de algum outro medicamento.


MODO DE USO ou COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Aspecto físico
BISOLVON infantil é um líquido claro e viscoso, de coloração vermelha.
BISOLVON adulto é um líquido claro até quase claro e incolor.
BISOLVON gotas é uma solução clara e incolor.

Características organolépticas
BISOLVON infantil possui cheiro (odor) de morango.
Bisolvon
4


abcd

BISOLVON adulto possui cheiro (odor) de frutas.
BISOLVON gotas possui cheiro (odor) apenas percebido de leve
(perceptível).

Dosagem
BISOLVON infantil
Cada ml contém 0,8 mg de cloridrato de bromexina.

Crianças de 2 a 6 anos: ¼ copo-medida (2,5 ml), 3 vezes ao dia.
Crianças de 6 a 12 anos: ½ copo-medida (5 ml), 3 vezes ao dia.
Adultos e crianças maiores de 12 anos: 1 copo medida (10 ml), 3 vezes ao
dia.

BISOLVON adulto
Cada ml contém 1,6 mg de cloridrato de bromexina.
Adultos e crianças maiores de 12 anos: ½ copo medida (5 ml), 3 vezes ao
dia.

BISOLVON gotas

1 ml = 15 gotas
Cada ml contém 2 mg de cloridrato de bromexina.
Para uso oral
Crianças de 2 a 6 anos: 20 gotas, 3 vezes ao dia.
Crianças de 6 a 12 anos: 2 ml (30 gotas), 3 vezes ao dia.
Adultos e crianças maiores de 12 anos: 4 ml (60 gotas), 3 vezes ao dia.

Para inalação
Bisolvon
5


abcd

Crianças de 2 a 6 anos: 10 gotas, 2 vezes ao dia.
Crianças de 6 a 12 anos: 1 ml (15 gotas), 2 vezes ao dia.
Crianças acima de 12 anos: 2 ml (30 gotas), 2 vezes ao dia.
Adultos: 4 ml (60 gotas), 2 vezes ao dia.

Como usar
É aconselhável aquecer a solução inalante à temperatura corporal (aquecer
esfregando entre as mãos) antes de iniciar a inalação. Aos pacientes com
asma brônquica recomenda-se iniciar a inalação após a administração da
medicação habitual usada para asma. As gotas podem ser diluídas com uma
solução salina fisiológica, numa proporção de 1:1. Para evitar precipitação, a
solução deve ser inalada imediatamente após a mistura.
O frasco de BISOLVON gotas vem acompanhado de um moderno tipo de
gotejador, de fácil manuseio: basta colocar o frasco em posição vertical e
deixar gotejar a quantidade indicada.

1. Romper o lacre da tampa.
2. Virar o frasco.
3. Manter o frasco na posição vertical. Para começar o gotejamento, bater
levemente com o dedo no fundo do frasco.

Nas indicações respiratórias agudas, o médico deve ser consultado se os
sintomas não melhorarem rapidamente.
Bisolvon
6


abcd

Este medicamento não deve ser utilizado em crianças menores de 2
anos de idade.
Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas,
procure orientação médica ou de seu cirurgião-dentista.
Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar
observe o aspecto do medicamento.

REAÇÕES ADVERSAS ou QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO
PODE CAUSAR?
Distúrbios do sistema imunológico, distúrbios da pele e do tecido
subcutâneo e distúrbios respiratórios, no mediastino (espaço entre os dois
pulmões) e no tórax.
Rara ( 1/10.000 < 1/1.000)
Alergia e erupções na pele
Não-conhecida*
Reação anafilática (alérgica, com caroços e vermelhidão na pele que
coçam ou queimam, rinite, conjuntivite, falta de ar, pressão baixa)
incluindo choque anafilático, inchaço da língua, lábios e face,
broncoespasmo (contração e estreitamento dos brônquios), coceira,
urticária e outras alergias
* nenhuma reação adversa observada em 3.992 pacientes em estudos
clínicos
Distúrbios gastrintestinais
Incomum ( 1/1.000 < 1/100)
Náusea, vômito, diarréia e dor abdominal superior

CONDUTA EM CASO DE SUPERDOSE ou O QUE FAZER SE ALGUÉM
USAR UMA GRANDE QUANTIDADE DESTE MEDICAMENTO DE UMA SÓ
VEZ?
Bisolvon
7


abcd

Até o momento, nenhum sintoma específico de superdose foi relatado.
Baseados em relatos de superdose acidental e/ou erro de medicação, os
sintomas observados são consistentes com as reações adversas conhecidas
de BISOLVON, nas doses recomendadas e necessita de tratamento. Nestes
casos, recomenda-se consultar o médico.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO E USO ou ONDE E COMO DEVO
GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?
Manter o medicamento em temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da
luz e da umidade.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

CARACTERÍSTICAS FARMACOLÓGICAS
A bromexina é um derivado sintético do princípio ativo vegetal vasicina. Em
estudos pré-clínicos, foi demonstrado um aumento na proporção da secreção
serosa brônquica. A bromexina reduz a viscosidade do muco e ativa o epitélio
ciliar, facilitando desta maneira o transporte e a expulsão do muco.
Estudos clínicos demonstraram um efeito secretolítico e secretomotor da
bromexina na região dos brônquios, o que facilita a expectoração e alivia a
tosse.
Após a administração de bromexina, ocorre um aumento da concentração de
antibióticos (amoxicilina, eritromicina, oxitetraciclina) no catarro e nas
secreções broncopulmonares.

Absorção
A bromexina é rápida e completamente absorvida pelo trato gastrointestinal.
Bisolvon
8


abcd

A biodisponibilidade absoluta do cloridrato de bromexina é de cerca de 26,8 ±
13,1% para BISOLVON solução. A quantidade de metabolismo de primeira
passagem é de cerca de 75-80%.
A administração de bromexina durante as refeições acarreta aumento da
concentração plasmática.

Distribuição
Após administrações intravenosas a bromexina foi rápida e extensamente
distribuída através do corpo com um volume de distribuição médio no estado
de equilíbrio de até 1209 ± 206 L (19L/Kg). A distribuição no tecido pulmonar
(bronquial e parenquimal) foi investigada após administração oral de 32mg e
64mg de bromexina. Duas horas após a administração de bromexina, as
concentrações nos tecidos pulmonares foram de 1,5 ­ 4,5 vezes maior nos
tecidos bronquíolo-bronquial e entre 2,4 e 5,9 vezes maior no parênquima
pulmonar comparado às concentrações plasmáticas. 95% da bromexina não-
metabolizada liga-se às proteínas plasmáticas (ligação não-restritiva).
Metabolismo
A bromexina é quase completamente metabolizada para uma variedade de
metabólitos hidroxilados e ácido dibromantranílico. Todos os metabólitos e a
própria bromexina são conjugados muito provavelmente nas formas de N-
glucunorídeos e O-glucunorídeos. Não há nenhum indício fundamentado de
uma modificação do padrão metabólico devido a sulfonamida, oxitetraciclina
ou eritromicina. Desse modo, interações relevantes com substratos de CYP
450 2C9 ou 3A4 são improváveis.
Eliminação
A bromexina é uma droga de elevada razão de extração (após administração
intravenosa na variação do fluxo de sangue hepático, 843­1073 ml/min),
resultando em grande variabilidade intra e inter-individual (CV > 30%). Após
administração de bromexina marcada radioativamente, cerca de 97,4 ± 1,9%
da dose foi recuperada como radioatividade na urina, com menos de 1%
como composto não-metabolizado.
Bisolvon
9


abcd

A concentração plasmática de bromexina apresenta um declínio
multiexponencial. Após administração de dose única de doses entre 8 e 32
mg, a meia-vida terminal de eliminação variou entre 6,6 e 31,4 horas.A meia-
vida relevante para prever a farmacocinética de doses múltiplas é de cerca
de 1 hora. Desse modo, não se observou acumulação após administração
múltipla (fator de acumulação: 1,1).
Gerais
A bromexina apresenta farmacocinética proporcional à dose no intervalo de
8-32 mg seguida de administração oral.
Não há dados farmacocinéticos da bromexina em idosos e pacientes com
insuficiências renal e hepática.
A ampla experiência clínica não demonstrou necessidade de estudos de
segurança nessas populações.

A farmacocinética da bromexina não é afetada de maneira relevante pela
administração concomitante de ampicilina ou oxitetraciclina. De acordo com a
comparação de dados anteriores, não existem interações entre bromexina e
eritromicina.
Também, não se realizaram estudos de interações com anticoagulantes orais
e digoxina. A ausência de relatos relevantes de interação durante o longo
período de comercialização da droga sugere que não existe interação
potencial importante com essas drogas.

RESULTADOS DE EFICÁCIA
Em estudo com seis meses de duração, envolvendo 61 pacientes com
bronquite crônica de leve a grave, o grupo de 30 pacientes que recebeu 24
mg diárias de bromexina obteve melhora subjetiva em 83% dos pacientes (25
pacientes, incluindo 8 entre classificados como graves) contra 19% dos
pacientes (6 pacientes) sentiram-se melhor.
Bisolvon 10


abcd

Em um estudo que avaliou a redução da viscosidade do muco em pacientes
com bronquite crônica da bromexina 16 mg, três vezes ao dia, durante 11
dias, em comparação duplo-cega com o placebo, Bisolvon reduziu a
viscosidade em 39% (em relação ao início do estudo), enquanto o grupo
placebo teve uma piora de 7% na viscosidade do muco.

INDICAÇÕES

BISOLVON é indicado como terapêutica secretolítica e expectorante nas
afecções broncopulmonares agudas e crônicas, associadas à secreção
mucosa anormal e a transtornos do transporte mucoso.
CONTRA-INDICAÇÕES
O produto é contra-indicado aos pacientes com hipersensibilidade à
bromexina ou aos outros componentes da fórmula e em casos de condições
hereditárias raras que podem ser incompatíveis com um excipiente do
produto (vide Precauções).
MODO DE USAR E CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO DEPOIS DE ABERTO
É aconselhável aquecer a solução inalante à temperatura corporal antes de
iniciar a inalação. Aos pacientes com asma brônquica recomenda-se iniciar a
inalação após a administração da medicação broncoespasmolítica habitual.
As gotas podem ser diluídas com uma solução salina fisiológica, numa
proporção de 1:1. Para evitar precipitação, a solução deve ser inalada
imediatamente após a mistura.
O frasco de BISOLVON gotas vem acompanhado de um moderno tipo de
gotejador, de fácil manuseio: basta colocar o frasco em posição vertical e
deixar gotejar a quantidade indicada.

Bisolvon 11


abcd

1. Romper o lacre da tampa.
2. Virar o frasco.
3. Manter o frasco na posição vertical. Para começar o gotejamento, bater
levemente com o dedo no fundo do frasco.

POSOLOGIA

Xarope infantil
Cada 5 ml de BISOLVON xarope infantil contêm 4 mg de cloridrato de
bromexina que correspondem a 3,6 mg de bromexina.
Cada ml contém 0,8 mg de cloridrato de bromexina.
A dose de BISOLVON xarope infantil pode ser calculada na razão de 0,1
mg de cloridrato de bromexina por quilo de peso, repetida três vezes ao dia.
Crianças de 2 a 6 anos: ¼ copo-medida (2,5 ml), 3 vezes ao dia.
Crianças de 6 a 12 anos: ½ copo-medida (5 ml), 3 vezes ao dia.
Adultos e crianças maiores de 12 anos: 1 copo-medida (10 ml), 3 vezes ao
dia.
Xarope adulto
Bisolvon 12


abcd

Cada 5 ml de BISOLVON xarope adulto contêm 8 mg de cloridrato de
bromexina que correspondem a 7,29 mg de bromexina.
Cada ml contém 1,6 mg de cloridrato de bromexina.
Adultos e crianças maiores de 12 anos: ½ copo medida (5 ml), 3 vezes ao
dia.
Gotas

1 ml = 15 gotas

Cada ml de BISOLVON solução contém 2 mg de cloridrato de bromexina que
correspondem a 1,8 mg de bromexina.

Para uso oral
A dose de BISOLVON, em gotas para uso oral, pode ser calculada na razão
de 0,1 mg de cloridrato de bromexina por quilo de peso, repetida três vezes
ao dia.
Crianças de 2 a 6 anos: 20 gotas, 3 vezes ao dia.
Crianças de 6 a 12 anos: 2 ml (30 gotas), 3 vezes ao dia.
Adultos e crianças maiores de 12 anos: 4 ml (60 gotas), 3 vezes ao dia.

Para inalação
A dose de BISOLVON, em gotas para inalação, pode ser calculada na razão
de 0,1 mg de cloridrato de bromexina por quilo de peso, repetida duas vezes
ao dia.
Crianças de 2 a 6 anos: 10 gotas, 2 vezes ao dia.
Crianças de 6 a 12 anos: 1 ml (15 gotas), 2 vezes ao dia.
Crianças acima de 12 anos: 2 ml (30 gotas), 2 vezes ao dia.
Adultos: 4 ml (60 gotas), 2 vezes ao dia.
Bisolvon 13


abcd

ADVERTÊNCIAS
Os relatos de lesões graves na pele como a síndrome de Stevens Johnson e
síndrome de Lyell em associação temporária com a administração de
substâncias mucolíticas como a bromexina tem sido muito raros. Muitos deles
poderiam ser explicados pela gravidade da doença subjacente ou medicação
concomitante.
BISOLVON XAROPE OU GOTAS NÃO CONTÉM AÇÚCAR, PODENDO
SER UTILIZADO POR PACIENTES DIABÉTICOS.
Pacientes sendo tratados com BISOLVON devem ser alertados de um
esperado aumento no fluxo das secreções.

Nas indicações respiratórias agudas, o médico deve ser consultado se os
sintomas não melhorarem rapidamente.

BISOLVON gotas contém o excipiente metilparabeno que pode causar
reações alérgicas (possivelmente tardias).


Gravidez e lactação
A bromexina atravessa a barreira placentária.
Os estudos em animais não indicam efeitos prejudiciais diretos ou
indiretos no que diz respeito ao desenvolvimento embrionáriol/fetal à
gravidez, ao parto ou ao desenvolvimento pós-natal.
A experiência clínica até o momento não mostrou evidência de prejuízo à
saúde do feto durante a gravidez. Mesmo assim, o uso de BISOLVON só
deve ser feito mediante orientação médica. Especialmente, durante o
primeiro trimestre, o seu uso não é recomendado.
A bromexina é excretada no leite materno. Entretanto, efeitos desfavoráveis
não são esperados nas crianças amamentadas. O uso de BISOLVON não é
recomendado para as mães que estão amamentando.

Bisolvon 14


abcd

O cloridrato de bromexina está classificado na categoria de risco B de risco
na gravidez.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem
orientação médica ou do cirurgião-dentista.
USO EM IDOSOS, CRIANÇAS E OUTROS GRUPOS DE RISCO
Desconhecem-se restrições especiais para o uso do produto em pacientes
com idade acima de 65 anos.
Este medicamento não deve ser utilizado em crianças menores de 2
anos de idade.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
Não foram relatadas interações medicamentosas desfavoráveis clinicamente
relevantes.
REAÇÕES ADVERSAS A MEDICAMENTOS
Distúrbios do sistema imunológico, distúrbios da pele e do tecido
subcutâneo e distúrbios torácico, mediastinal e respiratório.
Rara ( 1/10.000 < 1/1.000)
Alergia e erupções na pele
Não-conhecida*
Reação anafilática incluindo choque anafilático, inchaço da língua, lábios e
face, broncoespasmo, coceira, urticária e outra alergia
* nenhuma reação adversa observada em 3.992 pacientes em estudos
clínicos
Distúrbios gastrintestinais
Incomum ( 1/1.000 < 1/100)
Náusea, vômito, diarréia e dor abdominal superior
Bisolvon 15


abcd

SUPERDOSE
Até o momento, nenhum sintoma específico de superdose foi relatado.
Baseados em casos de superdose acidental e/ou relatos de erro medicação
os sintomas observados são consistentes com as reações adversas
conhecidas de BISOLVON nas doses recomendadas e pode requerer
tratamento sintomático.

ARMAZENAGEM
Manter o medicamento em temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da
luz e da umidade.

DIZERES LEGAIS
MS – 1.0367.0010
Farmacêutica responsável: Laura M. S. Ramos
CRF-SP n° 6870
N° do lote, data de fabricação e prazo de validade: vide cartucho.
Esta bula é atualizada continuamente. Por favor, proceda à sua leitura antes
de utilizar o medicamento.
Para sua segurança, mantenha esta embalagem até o uso total do
medicamento.
Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda.
Rod. Regis Bittencourt (BR116), km 286
Itapecerica da Serra ­ SP
CNPJ/MF n° 60.831.658/0021-10
Indústria Brasileira
SAC 0800-7016633

CCDS Nº 0052-05 de 11/09/2008
CCDS Nº 0177-04 de 11/09/2008
L08-02
Bisolvon 16


Mais Bulas de Medicamentos


2.077 Comentários

  1. Title…

    [...]we like to honor a lot of other world wide web internet sites around the internet, even though they aren’t linked to us, by linking to them. Below are some webpages worth checking out[...]…

  2. Title…

    [...]Here are some of the web pages we suggest for our visitors[...]…

  3. payday loans disse:

    payday loans…

    [...]we came across a cool website which you may delight in. Take a search if you want[...]…

  4. I used to be able to find good info from your content.

  5. sexleksaker disse:

    sexleksaker…

    [...]we like to honor numerous other world wide web sites around the internet, even if they aren’t linked to us, by linking to them. Beneath are some webpages worth checking out[...]…

  6. What’s up mates, its enormous post regarding teachingand entirely explained, keep it up all the
    time.

  7. The Silent Shard…

    This could almost certainly be quite valuable for some within your positions I want to really don’t only with my blogging site but…

  8. phentermine disse:

    I�m curious if…

    Hello super sch�ner…

  9. What’s up, yup this piece of writing is actually nice
    and I have learned lot of things from it regarding blogging.
    thanks.

  10. I am really enjoying the theme/design of your site. Do you ever run into any browser
    compatibility issues? A small number of my blog audience have complained about my
    blog not working correctly in Explorer but looks great in Safari.
    Do you have any ideas to help fix this problem?

  11. tak disse:

    I like the helpful information you provide for your articles.
    I will bookmark your weblog and take a look at once more right here regularly.
    I’m somewhat certain I’ll be told many new stuff
    proper here! Best of luck for the following!

  12. iphone 5 disse:

    It’s a pity you don’t have a donate button! I’d definitely donate to this superb blog!
    I guess for now i’ll settle for book-marking and adding your RSS feed to my Google account.
    I look forward to fresh updates and will share this blog with my Facebook group.
    Chat soon!

  13. Digg…

    While checking out DIGG yesterday I found this…

  14. Title…

    [...]The information and facts mentioned in the write-up are a few of the best out there [...]…

  15. Yahoo results…

    While searching Yahoo I found this page in the results and I didn’t think it fit…

  16. Carmine disse:

    Great blog! Is your theme custom made or did you download it from somewhere?

    A theme like yours with a few simple adjustements would
    really make my blog stand out. Please let me know where you got your theme.

    Cheers

  17. Wikia…

    Wika linked to this website…

  18. Read was interesting, stay in touch……

    [...]please visit the sites we follow, including this one, as it represents our picks from the web[...]……

  19. You should check this out…

    [...] Wonderful story, reckoned we could combine a few unrelated data, nevertheless really worth taking a look, whoa did one learn about Mid East has got more problerms as well [...]……

  20. We’re a group of volunteers and opening a new scheme in our
    community. Your website provided us with valuable
    information to work on. You have done an impressive job and
    our whole community will be thankful to you.

  21. Oh my goodness! Amazing article dude! Thanks, However I am experiencing
    troubles with your RSS. I don’t understand the reason why I can’t subscribe to it.
    Is there anybody else having similar RSS issues? Anyone who knows the answer can you kindly respond?

    Thanks!!

  22. Wow, superb weblog format! How lengthy have you been running a blog for?
    you made running a blog look easy. The whole look of your website is great, as
    neatly as the content!

  23. Cool blog! Is your theme custom made or did you download it from somewhere?

    A design like yours with a few simple adjustements
    would really make my blog stand out. Please let me know where you got your theme.
    Many thanks

  24. la croatie disse:

    I pay a visit everyday a few blogs and sites to read
    posts, however this web site offers quality based posts.

  25. Hello, yes this post is truly good and I have learned lot of things from it concerning blogging.

    thanks.

  26. blankspan slime…

    odwiedzin wtih papinchak kiri horokowska tonight gindirii….

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>